Mitologia para escritores: Os 10 mandamentos de Campbell para ler (e escrever!) mitologia

Você já parou para pensar no que são os mitos, e como eles podem ser importantes para quem escreve? Mitos são histórias sobre deuses, heróis e eventos cósmicos contados ao redor do mundo. Eles personificam questões profundas e fundamentais, expondo de forma alegórica a vida que se desenrola fora e dentro de nós. Eles são…… Continuar lendo Mitologia para escritores: Os 10 mandamentos de Campbell para ler (e escrever!) mitologia

Teste para escritores: qual é o seu ‘quociente observacional’?

Você já ouviu falar sobre aquele psicólogo fabuloso chamado Carl G. Jung? O que desenvolveu a teoria dos arquétipos, inconsciente coletivo, etc? Então. Por volta do ano de 1920, Jung criou uma tipologia para caracterizar as pessoas quanto às suas atitudes, disposições, interesses e habilidades, presenteando o mundo com a sua teoria dos tipos psicológicos. Basicamente,…… Continuar lendo Teste para escritores: qual é o seu ‘quociente observacional’?

Histórias são um estado de espírito

Oi escritor(a), Essa não é uma correspondência para um mundo de gente, ela foi escrita só para você. Você que está na frente do computador ou do bloco de papel olhando para o vazio, sem saber se continua a escrever (apenas hoje/para sempre) ou não. Você sente a vida pedindo para ser narrada, mas não vê muito…… Continuar lendo Histórias são um estado de espírito

Por menos marketing e mais conteúdo na escrita

Faz tempo que não escrevo no blog. Não é por falta de vontade, talvez um pouco de falta de tempo. A verdade é que milhares de coisas aconteceram nesses últimos meses e eu ainda não sei como ou mesmo se devo compartilhar. Compartilho um pouco ou uma parte? Espero as ideias assentarem na cabeça ou salto…… Continuar lendo Por menos marketing e mais conteúdo na escrita

Espaços em branco: como o silêncio (e a arrumação) mudaram minha relação com a escrita

Um mês atrás decidi fazer uma limpeza na casa. Li o livro da Marie Kondo sobre arrumação e decidi tentar. Era feriado, não tinha nada programado e precisava arrumar a bagunça. Seguindo seu método, me livrei de quinze sacolas imensas de coisas que não me traziam qualquer prazer. Isso envolvia livros, roupas, fotos, lembranças, revistas,…… Continuar lendo Espaços em branco: como o silêncio (e a arrumação) mudaram minha relação com a escrita

Escritor: carreira, trabalho, hobby ou vocação?

Quem anda lendo o blog sabe que estou em uma fase Elisabeth-Gilbertiana. O motivo não poderia ser mais simples, ou mais universal: o livro Grande Magia, que ela escreveu, parece ter sido escrito para mim. Só pra mim. Só faltou achar na dedicatória: “Para Karina, com amor.” Quase devorei o livro em dois dias. Foram…… Continuar lendo Escritor: carreira, trabalho, hobby ou vocação?

Por que você escreve?

Esse post faz parte de uma série de textos sobre o livro Grande Magia, da Elizabeth Gilbert. Diz aí: por que você escreve? O que te levou a escolher a escrita como profissão, ou o que levou você a almejar fazer isso da vida? Pessoalmente, meus motivos foram muitos: sempre escrevi, sempre quis contar histórias…… Continuar lendo Por que você escreve?