A fórmula do romance de sucesso

Olá aspirantes a escritores! Se você está aqui, é porque quer aprender como escrever o  romance perfeito, certo? Vamos começar essa longa caminhada pelos elementos que estruturam uma história perfeita pelo básico do básico:

O que é um romance?

Um romance é uma história onde os personagens se apaixonam, certo?

Hmm… Errado… e certo.:)

Romance é um tipo de história que conta sobre eventos que se conectam e personagens que os vivenciam. É uma história longa e cheia de personagens que nos envolve e conquista com seus dramas e tragédias. Ele pode ser uma história de amor OU NÃO.

Romances podem ser divididos em muitos gêneros e sub-gêneros: ele pode ser ficção, mistério, terror, fantasia, jovens adultos, novo adulto, etc. Entre eles, há subgêneros, como romance-histórico, eco-ficção, etc. No decorrer dos próximos posts, tratarei basicamente de romances como o senso comum o enxerga: uma história de amor entre personagens (embora muitos dos elementos de uma trama de suspense, aventura, batalhas épicas, fantasia  e sei-lá-mais-o-que tenham romance em seu enredo, e muitos romances tenham suspense, aventuras e elementos fantásticos também).

Vamos para a pergunta seguinte, aquela que trouxe você aqui: o que faz certos romances serem bons (e outros, não)?

Bem, tenho uma notícia boa e uma ruim. Qual você quer primeiro?

Hmmm. A boa.

A boa é:  Existe uma fórmula de sucesso?

SIM! Existe!

Você sabe a fórmula?!

Sei!  (tá aí embaixo, ó)

Você conseguiu replicar a fórmula?!?!

Então, essa é a notícia ruim… Eu não consegui replicar a fórmula, e muitos antes de mim e depois de mim, também não.

Já que segurei a atenção de vocês até aqui, vamos por partes:

√ Todo mundo que segue a fórmula escreve um best-seller?

NÃO

√ Todo best-seller segue uma fórmula?

NÃO

Mas e então? Como é que você disse que sabe a fórmula?

Bem, digamos que eu tenha usado o truque da Coca-Cola. Eles escrevem os ingredientes da meleca na garrafa, mas não dizem a quantidade mágica, a ordem, ou especificam que tipo de caramelo usam. Enfim, a fórmula está lá, à vista de todos (mas também  escondida dentro de um cofre mágico).

Agora falando sério: é muito difícil dizer EXATAMENTE por que aquele livro maravilhoso está arrebentando. Existem passos que levam ao sucesso, existe uma dose de sorte, a brecha de mercado, um alinhamento de estrelas que só Deus e Paulo Coelho saberiam explicar. E existe, claro, aquela fórmula que eu vou contar para vocês.

O fato é que a fórmula é essa aí embaixo( Consenso geral: você aumenta suas chances de sucesso se colocar esses elementos aí no seu romance, isso é o que quer dizer ´fórmula´)

1. Herói e heroína precisam cair no gosto do leitor.

Na verdade, seu leitor precisa se apaixonar por eles. Eles deverão ser bons, mas não perfeitos; sua perfeição vai residir exatamente aí: ele/ela é como eu e você, e por isso gostamos deles.

2. Os protagonistas deverão se encontrar logo no início da história, dizem as pesquisas e blogs especializados no assunto.

Quando? Primeiro capitulo ou segundo. Mesmo que a história se desenrole em um triângulo, a gente quer saber cadê o gatinho/ gatinha que vai roubar nossos corações.

3. Precisa existir uma barreira entre o mocinho e a mocinha.

Mais que uma? Melhor ainda. Essa barreira pode ser física (um muro? o governo? o preconceito?) emocional (ele não se relaciona com ninguém, ele se machucou no passado) psicológica, etc etc etc. Juntar os dois cedo demais na história, segundo alguns, derruba a tensão e tira a razão do leitor de continuar a virar a página. Juntar no último capitulo, como fiz com um dos meus romances, não deixa ninguém feliz também rsrs

4. A tensão romântica precisa ser forte e crescer no decorrer do livro.

Interessantemente, a quantidade de beijos e cena de sexo não é o que torna o livro interessante, e sim a química, os diálogos inteligentes e afiados, o encontro fervente entre os protagonistas. (Ex. perfeito: O Último dos Canalhas, de Loretta Chase, já leram?)

5. O romance tem que ter uma conclusão satisfatória.

Sim, o casal tem que acabar junto. As barreiras tem que ser derrubadas/vencidas, e eles precisam querer viver felizes para sempre. De acordo com Jody Hudlung, do site onde tirei algumas dessas dicas, esse é o segredo de leitores FELIZES. (Ex.: quer matar um leitor de raiva? Leia o ultimo livro da serie Divergente)

6. O livro precisa ter um final fora-de-série. 

Ele precisa fazer o seu leitor sorrir. Ou ele precisa fazer o seu leitor chorar. Feche círculos. Conclua historias. Escreva aquela frase de impacto.

7. A história deve ter um TEMA que fique marcado a ferro na mente do leitor. 

Um exemplo? Em  Um sonho de Liberdade, o fugitivo passa 25 anos cavando um túnel que o levará para a liberdade. Esse é um filme que me faz parar todas as vezes na frente da TV, por que ele fala sobre LIBERDADE. Esse é o tema que fica, o que, ao final, por mais que os dramas tenham sido muitos, foi o “gostinho residual”, a mensagem, a essência que permaneceu.Todas as vezes eu choro. Todas as vezes eu torço para que ele fique livre. Esse é o TEMA (e falaremos mais dele no futuro)

Então vamos lá! Vamos aprender a criar cada um desses elementos e virar o próximo mega-sucesso da literatura brasileira!? 🙂

Até a próxima!!!

Quer saber de onde algumas dessas dicas vieram? http://jodyhedlund.blogspot.com.br/2013/09/5-elements-sigh-worthy-romance-novels.html#sthash.wAImqceq.dpuf  e The Everything guide to writing your fira novel, Ephorn, Hallie, 2004

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s